Desde pequenina que sou viciada em tabbouleh. Não há Verão sem esta salada em minha casa. O tomate doce e sumarento, as raspas frescas de limão, a mistura intensa das ervas aromáticas bem picadinhas e o azeite que envolve todos os sabores... Pronto, já me puseram a salivar!

Desde sempre que é feito na minha família. Houve uma altura em que a minha mãe adorava servi-lo como entrada, recheando folhas de alface com esta salada e colocando uma folha em cada prato. Foi este o primeiro prato que a minha melhor amiga Mariana comeu da primeira vez que lá foi a casa, na festa dos meus 11 anos, e ainda nos lembramos disso! <3  Agora comemos muitas vezes como prato principal ou acompanhamento, embora eu prefira que seja o Tabbouleh o protagonista :)

Quem passa por aqui há mais tempo já sabe do meu amor por tudo o que é baixo em hidratos de carbono. Não é só pelo glúten, mas sinto que fico mais inchada e enfartada quando como todo o tipo de cereais (uns mais que outros). Com o passar do tempo, tenho comido menos esta salada por ser feita com couscous ou com bulgur, que não me fazem sentir no meu melhor. Há uns anos substituí por quinoa e fica bom, mas desde que experimentei esta versão sem nenhum cereal, fiquei super fã!!

 

tabbouleh low carb | low carb tabbouleh

 

Fiz uma grande quantidade no princípio da semana, para um almoço que tive cá em casa e fui comendo um bocadinho todos os dias - eu não enjoo esta salada - e foi mesmo uma grande ajuda ter uma refeição sempre pronta, bastou juntar espinafres frescos ou rúcula e uma colher de húmus, que também tinha preparado para a semana.

Este tabbouleh aguenta-se vários dias no frigorífico, é leve em hidratos e completamente cru, é bom para servir em festas de Verão por ser muito fresquinho e pode ser adaptado aos teus gostos e preferências :)

Eu dei-lhe um toque especial com a doçura das nectarinas e estou a pensar repetir... Ora espreita lá a receita!

 

Tabbouleh de Couve Flôr com Nectarinas

6 pessoas

 

1 couve flôr, em florettes

1/2 molho de cebolinho, bem picado

1/2 molho de salsa, bem picada

4 boas hastes de hortelã, bem picada

5 tomates, em cubinhos

1 nectarina grande, em cubinhos

3 colheres de sopa de azeite

1 limão, raspa e sumo (+ 1 limão, só sumo, a gosto)

1 colher de chá de sal marinho

Pimenta preta do moinho, a gosto

1/4 chávena de amêndoas torradas, picadas

 

Num processador de alimentos, tritura a couve-flôr até ter o aspecto de couscous. Faz pequenas quantidades de cada vez, para que seja mais fácil e rápido a triturar.

Coloca o "coucous de couve-flôr" uma taça grande e adiciona as ervas bem picadinhas, o tomate e a nectarina em cubos e envolve.

Tempera com azeite, sumo e raspa de limão, sal marinho e pimenta preta. Rectifica os temperos para que fique mesmo ao teu gosto :)

Transfere para uma taça bonita (como esta!) e polvilha com amêndoas torradas picadas.

 

tabbouleh low carb | low carb tabbouleh

 

Bom apetite!

 

E por aí, já experimentaste a couve-flôr como alternativa aos hidratos de carbono refinados? O que fizeste? Adorava saber!

 

Para updates diários,

faz Like no Lemonaid aqui,

subscreve o canal de youtube,

 segue-me no Instagram @joanamlimao,

ou junta-te a mim no snapchat @ lemonaid.pt !

Se quiseres entrar em contacto comigo, por razões pessoais ou profissionais, envia-me um e-mail para lemonaidpt@gmail.com