Há já uns dias comecei a pensar no Dia dos Namorados. Embora não ligue muito, é uma data que quero assinalar aqui no site e, se são daqueles que gostam de um pequeno miminho para marcar o dia, vão gostar das duas sugestões que vou trazer esta semana.

bolachas namorados 1

Pessoalmente, detesto ir jantar fora dia 14. Porquê? Mil casalinhos, quase silêncio nos restaurantes – estão a namorar! – e muito difícil de marcar. Também não adoro quando alguns restaurantes fazem menus especiais, como se de uma passagem de ano se tratasse. Pratos “pseudo-finos”, com ingredientes afrodisíacos (que muitas vezes nem combinam), flute de champagne para começar… É tudo o que não gosto numa noite só!

Por isso prefiro ficar em casa, ter uma boa surpresa durante o dia, cozinhar um jantar especial, receber flores, dar uma coisa querida feita por mim… Ou então nada! Todos os dias são bons para namorar e o facto de haver uma data específica para celebrar (e presentear) o amor, põe-me num estado de espírito meio revoltado com todo o consumismo que se gera à volta desta data.

 

Inspirada no encarnado tão típico deste dia, criei esta receita de bolachas recheadas. Nada temam, são saudáveis, está claro! Não têm glúten, gorduras ou açúcares processados e são vegan. “E ainda são comestíveis, Joana?” – YUP!! Uso o ovo de chia, de que falei neste artigo, e o doce de framboesas, que mostrei aqui. Ficam com umas bolachas tão deliciosas quanto equilibradas e saciantes, o que as faz apropriadas para todos os dias!

 

Bolachas Recheadas

Cerca de 20 bolachas, ou 10 bolachas recheadas

DSC_1194

ž

2 chávenas de flocos de aveia

ž  ½ chávena de açúcar de côco

ž  1 colher de café de sal marinho

ž  2 colheres de sopa de óleo de côco

ž  2 ovos de chia

 

Nota: As bolachas por si só são deliciosas – agora mesmo tenho um frasco hermético cheio delas, que vou petiscando quando tenho fome (ou gula!) – mas, para assinalar esta data, quis torná-las mais especiais e recheá-las. Pode usar o doce ou a compota que mais gostar.
Num processador de alimentos, triture os ingredientes secos. De seguida, junte o óleo de côco e os ovos de chia e triture até obter uma bola no copo do processador. Passe para uma taça.

Leve a massa ao frigorífico durante, no mínimo, 20 minutos.

Pré-aqueça o forno a 180ºc, com a ventoinha ligada.

Tire a massa do frio, estique-a com um rolo de massa até ter 3 a 5 mm de espessura. Com um cortador, corte a massa na forma de bolachas. Com um cortador mais pequeno, retire o centro a metade dessas bolachas.

Leve ao forno, na posição do meio, durante 6 min. Tire o tabuleiro, dê a volta e volte a levar ao forno mais 6 min. Deixe arrefecer.

Barre as bolachas “inteiras” com o doce de framboesa, ou com outro doce a gosto, e “tape” com a bolacha sem centro.

DSC_1191

Voilá! Um miminho saudável e delicioso para qualquer altura do ano!

 

Para updates diários,

faça Like no Lemonaid aqui

ou siga-me no Instagram @joanamlimao